Sustentabilidade

 

SustentabilidadeQuem visita a Quinta da Estância descobre a importância da palavra preservação. Descobre também que tudo começa pela educação e consciência ambiental, passando pelas mãos de cada um de nós.
Desde sua fundação em 1992, a Quinta da Estância pensa em sustentabilidade como algo indispensável à vida das pessoas, essa busca contínua é uma filosofia de vida compartilhada com milhares de visitantes. A gestão consciente dos recursos do planeta e as ações sustentáveis são vividas diariamente, compreendendo relevantes e inovadoras práticas socioambientais.

Prova disso, são os importantes compromissos e reconhecimentos nacionais e internacionais recebidos, que traduzem o alto índice de comprometimento da Quinta da Estância em todos os projetos e parcerias desenvolvidas. Os resultados são percebidos na satisfação total das pessoas que usufruem de nossos serviços.

A Quinta da Estância também foi o 1º empreendimento de turismo do país aceito signatário do Pacto Global das Nações Unidas (veja nossos relatórios de sustentabilidade publicados no site da ONU – Pacto Global: Clique aqui – veja também página exclusiva para apresentação de nosso Relatório de Sustentabilidade clicando aqui).

ODS todosDesde setembro de 2015 nos tornamos membros do Núcleo Estadual dos ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU), agenda global que irá guiar ações no planeta de 2016 a 2030. Nossas ações de sustentabilidade estão alinhadas a estes objetivos (veja cada uma de nossas ações e o ODS correspondente).

Conheça um pouco mais dos ODS – Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU no site do PNUD clicando aqui.

.

NOSSAS PRÁTICAS, COMPROMISSOS E CONQUISTAS  estão alinhadas aos ODS – Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU (15 ODS alcançados: 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13, 15, 16 e 17):

Criadouro Conservacionista1. Criadouro Conservacionista (ODS 15) – Fundado em 1996, é o 1º Criadouro do Brasil com finalidade pedagógica de educação para a sustentabilidade (ODS 4) e criação de banco biológico de espécies nativas (ODS 11.4) como: papagaios, tucanos, emas, araras, capivaras etc.

2.  Recepção, recuperação e reambientalização de fauna e flora apreendidos do tráfico (ODS 15): Desde 1996 a Quinta da Estância foi aprovada com área de recuperação e soltura de fauna e flora apreendidos pelo Ibama, Brigada Ambiental ou Polícia Federal. Desde então neste trabalho 100% voluntário já foram recuperados mais de 7 mil animais.

3. Preservação de matas nativas e ciliares (ODS 15): A Quinta da Estância preserva e amplia suas áreas de matas nativas e ciliares. Toda esta biodiversidade é importantíssima na proteção dos córregos cristalinos, das bromélias e orquídeas, figueiras centenárias que, além de protegerem córregos cristalinos, abrigam bromélias, orquídeas, figueiras centenárias, bugios, pássaros, entre outras espécies de nossa flora e fauna. Ao todo, já foram plantadas mais de 60 mil novas árvores.  Além disso, oferece condições de habitat a 168 espécies de pássaros e inúmeros animais silvestres, alguns em risco de extinção, que vivem ou migram até a Quinta da Estância.

Minhocário4. Preservação do meio ambiente com a recuperação do resíduo orgânico e reciclagem do seco (ODS 12), através de minhocário e compostagem (com utilização do húmus na horta orgânica e nos jardins) e reciclagem do resíduo seco através da parceria com Associação de Catadores para geração de renda e fomentar empreendedorismo a comunidades em vulnerabilidade (ODS 10).

5. Tratamento biológico da água servida (ODS 6), Em 2003, a partir de projetos da Fundação 25 de Julho de Joinville – SC e de experimentos alemães, a Quinta da Estância implantou uma unidade de tratamento biológica com raízes de junco para a recuperação da água utilizada pela Fazenda, evitando a contaminação do subsolo e dos lençóis freáticos.

6. Recepção gratuita de alunos em vulnerabilidade social privilegiando crianças com deficiência (ODS 4): Projeto onde recebemos alunos carentes com isenção total de valores. Mais de 25 mil alunos carentes sensibilizados ambientalmente com gratuidade total.

7. Projeto Escola Pública na Quinta (ODS 4): Percebendo a dificuldade das escolas públicas usufruírem das atividades pedagógicas da Quinta da Estância iniciamos em 2006 um projeto onde a Fazenda subsidia, com valores abaixo dos custos da Fazenda, as visitas de alunos da rede pública (mais de 30 mil alunos de escolas públicas beneficiados).

8. Projeto de recepção pessoas com deficiência (ODS 4), somos um dos únicos locais de turismo rural do Brasil com atendimento em LIBRAS (Linguagem Brasileira de Sinais). Em 2014 desenvolvemos uma pracinha temática para crianças com deficiência. Além disso, em 2017 lançaremos o projeto Trilha para Todos, onde foi criada uma nova trilha ecológica com acessibilidade para que pessoas com dificuldade de mobilidade.

9. Projeto de Valorização da Cultura Indígena e Populações Tradicionais (ODS 4 e ODS 11.4) : Projeto realizado desde 1998 em parceria com aldeia indígena Mbyá Guarani de Viamão, desenvolvido no mês de abril (mês do dia do índio e descobrimento do Brasil pelos Europeus), com objetivo de valorização da cultura indígena. Mais de 30 mil alunos sensibilizados que vivenciaram o projeto, 40 toneladas de alimentos arrecadados, a Quinta da Estância liberou para que as famílias artesãs da Tribo comercializem seus artesanatos durante todo o ano, gerando uma das principais rendas da tribo.

.

10. Quinta da Estância Carbon Free (ODS 13) é um projeto socioambiental pioneiro no Brasil. Através dele, todo o dióxido de carbono gerado por cada evento, desde o transporte até a Quinta da Estância, passando pelos gastos com energia elétrica, gás de cozinha, carvão, entre outros, será neutralizado com o plantio de árvores nativas. Criando um novo nicho de mercado, o Turismo Livre de Carbono, onde turistas conscientes e empresas sócio e ambientalmente responsáveis podem desenvolver seus eventos sem contribuir com o avanço das mudanças climáticas.

 

11. Leave no Trace (ODS 15): Parceria com a Universidade de Magallanes no Chile, desde 2008, programa internacional de redução de impacto ambiental em ambiente natural, através de capacitação e certificação de sócios, monitores e colaboradores da Fazenda.

.

 

12. Empresa Vencedora Estadual e Nacional do PRÊMIO MPE BRASIL (ODS 17) – Categoria Responsabilidade Social – concorrendo com mais de 56 mil empresas de todo o país. Organizado pelo Sebrae, Gerdau, FNQ (Fundação Nacional da Qualidade) e MBC (Movimento Brasil Competi ti vo) é considerado o “Oscar” da Micro e Pequena Empresa Brasileira.

 

13. Parceria com PGQP (ODS 17) – Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade, que traz como pilar norteador a busca constante pela qualidade e excelência nos serviços.

 

 

14. Primeiro empreendimento turístico do Brasil aceito como Signatário do PACTO GLOBAL da ONU (ODS 17) e uma das 360 empresas no mundo pertencentes ao Caring for Climate, grupo especializado em mudanças climáticas das Nações Unidas.

 

15. Educação Ambiental e Sensibilização Ecológica para mais de 1 milhão de visitantes desde nossa fundação em 1992 (ODS 4).

16. Quinta da Estância integra publicação da ONU lançada na Rio + 20 (ODS 17) – O Centro Regional do Pacto Global da ONU para América Latina e Caribe, lançou a publicação “Os princípios de Investimento Social do Centro Regional para a América Latina e no Caribe – em apoio ao United Nations Global Compact” O case Quinta da Estância”, a maior Fazenda de turismo rural e pedagógica do Brasil, integra os quatro cases brasileiros escolhidos como referência em gestão sustentável, sendo a única do setor de turismo.

 

17. Programa Ecolíder Tripadvisor – Selo Platina (o mais alto nível desta certificação mundial)  (ODS 17)
Ecolider tripadvisorA Quinta da Estância recebeu selo Platina, nível máximo do programa Ecolíder, desenvolvido pelo Tripadvisor, maior site de viagens do mundo.

O selo é totalmente voluntário e é fornecido para empreendimentos que possuem práticas de excelência em sustentabilidade.

Os estabelecimento são classificados para o recebimento de um dos quatro selos, de acordo com suas ações sustentáveis: Bronze, Prata, Ouro e Platina. Quanto mais alto o nível, maior é o impacto das práticas sustentáveis do estabelecimento.

A Quinta da Estância alcançou o nível máximo, recebendo o selo Platina!
Este reconhecimento internacional reforça o compromisso que a Quinta da Estância possui com a sustentabilidade desde sua fundação em 1992!

 

18. Prêmio ECO 2015 da AMCHAM Brasil – um dos principais reconhecimentos nacionais em Sustentabilidade  (ODS 17)

Premio ECOA Quinta da Estância conquistou o prêmio ECO da Câmara Americana do Comércio (AMCHAM Brasil) na modalidade Estratégia, Liderança e Inovação em Sustentabilidade, que reconhece empresas que incorporaram a sustentabilidade em todo o modelo de negócio.

Saiba mais clicando aqui.

 

19. Quinta da Estância integra relatório sobre combate às mudanças climáticas da Rede Brasileira do Pacto Global da ONU  (ODS 17)

Pacto Global cartilha mudanças climáticas 01.12.2015As práticas de sustentabilidade da Quinta da Estância foram selecionadas para integrarem o Relatório do Clima produzido pela Rede Brasileira do Pacto Global da ONU e lançado no início de dezembro em função da Conferência da ONU sobre Clima que reúne 195 países em Paris.

Saiba mais clicando aqui.

.

20. Quinta da Estância está entre as 11 empresas Brasileiras integrantes do Guia de Inovação e Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas (ODS 17)

Guia de Inovação e Sustentabilidade FGV 2016Após passar por uma criteriosa seleção que incluiu visitas de campo, análise de documentação, apresentação do case do empreendimento e análise das candidatas por uma banca de especialistas em sustentabilidade de todo o Brasil, a Fazenda Quinta da Estância foi uma das 11 empresas escolhidas para integrar o Guia de Inovação e Sustentabilidade da FGV 2016 e agora faz parte do Ecossistema de Inovação criado pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas.

Clique aqui e veja na íntegra o Guia (Quinta da Estância está nas páginas 28 a 31).

21. Projeto de disseminação da Gestão Sustentável (ODS 13): A Quinta da Estância realiza palestras gratuitas para disseminação da gestão sustentável em Congressos (mais de 15 mil pessoas já participaram). Somos voluntários e não cobramos valores monetários, então criamos o “Cachê para o Planeta”, cada palestra é “paga” com a doação de 500 mudas nativas que serão plantadas na Fazenda para neutralizar nossa participação no evento e integrar o projeto de neutralização de carbono da Quinta da Estância.

22. Projeto de Aproveitamento Energético (ODS 7): “Banho Gaúcho” onde esquentamos a água para os chuveiros aproveitando o aquecimento das churrasqueiras que são utilizadas diariamente no preparo do churrasco aos visitantes.

Placa solar com logo23. Projeto de Uso de Energias Renováveis (ODS 7): Sistema de aquecimento solar de água com economia de 273.600 watts de energia da concessionária.

24. Projeto de Parceria com Universidades (ODS 9 e 17): Nos últimos 5 anos já tivemos mais de 40 projetos de pesquisa que promovem o conhecimento, nos auxiliam a melhorar nossos processos, desenvolver inovações e criar projetos de pesquisa em diversas áreas.

Viveiro de Inversão (1)25. Viveiro de Inversão ou Gaiolão Humano (ODS 4): Atividade inovadora que inverte a posição entre visitante a animal. Participantes visitam viveiro enjaulados, enquanto os animais circulam livremente.

26. Participação em Associações de Classe Rurais, para Preservação, Turismo e Comerciais, possibilitando parcerias e interações (ODS 11) e promovendo o turismo Sustentável (ODS 8).

27. Horta pedagógica e desenvolvimento de programas educacionais para alimentação saudável e agricultura sustentável (ODS 2).

Foto_A018728. Código de ética  e desenvolvimento de reuniões anuais para treinamento de equipe  evidenciando nosso combate à corrupção e busca constante por princípios éticos e sustentáveis em todas nossas relações (ODS 16).

29. Publicação de nosso Relatório de Sustentabilidade no site do Pacto Global da ONU abrangendo 4 pilares: Direitos Humanos, Relações de Trabalho, Meio Ambiente e Combate a Corrupção (ODS 16).

30. Valorização e empoderamento do gênero feminino com diversas colaboradoras referências econômicas em seus núcleos familiares, além de nossa empresa ter sido criada e fundada pela professora Sônia Sittoni Goelzer (ODS 5).

Empresas - Treinamento Vivencial Agentes de Prevenção ao Aedes aegypti31. Desenvolvimento de atividades ecológicas, de lazer e cooperativas que propiciem uma melhora comportamental, de saúde mental e bem estar a nossos visitantes. Projeto educacional pedagógico de combate ao Aedes aegypti e para prevenção da H1N1 (ODS 3).